tudo é provisóriamente eterno para os poetas... tudo é eternamente provisório para os amantes e o poema apenas a configuração do instante.

-Capinam-

19 de novembro de 2010

é só que dói muito.

começamos a esvaziar os armários.
o vazio aumentado em mim.


um dia as coisas mudam. Eu acredito.




um dia, fará diferença, o que se sente.
enquanto isso. Morreu.

3 selos:

nanda disse...

Recebi um link com uma poesia do Thiago de Mello, cliquei e me deparei com sua dor, com a saudade da pessoa que você mais te amou na vida e que o mesmo você sentiu por ela...
Me reconheci na sua dor, senti junto com você... Lindas suas palavras...
Para mim já se passaram quase três anos e o tempo? Ele tem sido devagar comigo...
Fernanda Quadros
nandaquadros@hotmail.com

camila chaves disse...

Camilinha,

ao que me parece, a dor maior é a da ausência nas coisas pequenas, aquelas que nos são mais presentes. um canto, uma casa, um armário.

De longe posso imaginar a saudade que tu sentes. Mas as coisas devem mudar e a saudade, quando sentida, será com alegria, porque então, passadas as dores, serão as boas lembranças as que te preencherão.

E eu torço para a chega deste dia.
Um beijo e um ano novo de alegrias.

Wendy A. disse...

Que lindo! coloquei até essa ultima frase no meu subnick do msn.. uahuah Me reconheci com a sua dor também. Afinal, o que fazer a não ser matar a ansiedade enquanto agora o que sentimos não faz diferença?
Vc tem um dom maravilhoso, beijo

Postar um comentário